Modelação Geográfica, Cidades e Ordenamento do Território

Grupo integrado no e-GEO – Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional

Instalação do QGIS

3 Comments

Nos ultimos posts tenho falado um pouco da utilizacao de features avancadas dentro do QGIS, como o SEXTANTE ou o R.

Respondendo a um “desafio” de uma utilizadora ‘as voltas com a instalacao/configuracao de QGIS e dependencias, resolvi escrever um post atendendo aos primeiro passos na utilizacao do QGIS, que ao nao serem ultrapassados podem ser impeditivos de “desfrutar” das funcoes mais avancadas, que descrevo noutros posts.

Grande parte do atractivo do QGIS, tem na minha opiniao a ver com o facto de se apoiar em (excelentes) third-party libraries para satisfazer as suas “necessidades” em diferentes areas (Raster, estatistica, etc). Consegue assim ser um sistema bastante completo e em evolucao constante, o que ‘e uma grande mais valia em relacao a outros sistemas completamente desenvolvidos from scratch (se ‘e que tal coisa existe… :-)).

Por outro lado, isto obriga-nos a instalar (e configurar) uma serie de bibliotecas, o que para a maior parte das pessoas pode nao ser uma coisa trivial. De todas as formas, nos dias de hoje, as coisas ja estao mais ou menos facilitadas, quer pelo proprio sistema operativo, quer pela disponibilizacao de pacotes da parte da propria comunidade de QGIS. A minha experiencia nesta area ‘e 80% em Linux (Ubuntu) e 20% em Windows, por isso ainda que algumas coisas sejam comuns, vou dar uma visao mais ou menos enviesada🙂 Por outro lado, seria interessante que alguem escrevesse algo sobre a experiencia em Mac, ja que nao se encontra muita informacao sobre isso e penso que o QGIS ‘e dos poucos SIG disponiveis para Aple, pelo menos em modo nativo (deixo aqui o repto :-))


A primeira coisa a considerar ‘e se instalar a ultima versao (development), ou a ultima versao estavel (stable release).
Nao ‘e facil responder a esta pergunta. A ultima versao (por vezes uma nightly build, nao *testada*) pode conter os ultimos bug fixes/features de que estavamos a espera. Por outro lado, ao nao ser testada, pode trazer regression bugs/conflitos, etc. Ha que pesar bem os pros e os contras, e ver se nos interessa mais ter um programa que funcione a 100%, mas nao contenha as ultimas features, ou ter o “state-of-the-art”, mas entao ter um pouco de paciencia (e ir fazendo updates, o mais frequentemente possivel). Eu normalmente vou pela segunda escolha.

Depois destas consideracoes, ficam aqui as instrucoes para instalar a “nightly build” em Linux (Ubuntu):

http://hub.qgis.org/projects/quantum-gis/wiki/Download#263-Master

A primeira coisa a fazer ‘e encontrar a localizacao dos repositorios. Assumindo que temos o Ubuntu Precise, estes sao os repositorios:

deb     http://qgis.org/debian-nightly precise main
deb-src http://qgis.org/debian-nightly precise main

Importante: assegurar-se que as sources coincidem com a versao do ubuntu!

Adicionar os repositorios a lista de sources, utilizando um editor de texto, por exemplo:

sudo nano -w /etc/apt/sources.list

E adicionar a chave publica:

gpg --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv 997D3880
gpg --export --armor 997D3880 | sudo apt-key add -

Fazer update as sources, e tudo estara pronto para a instalacao:

sudo apt-get update

Importante: se saltarmos estes passos, o package manager ira instalar a versao do QGIS que esta nos repositorios gerais do Ubuntu (provavelmente *outdated*)!

O QGIS pode ser instalado com a seguinte linha de comando:

sudo apt-get install qgis

Normalmente, ele deveria instalar o plugin de Grass e os bindings de Python automaticamente com o pacote principal. Se nao for assim, podemos tentar:

sudo apt-get install qgis-plugin-grass
sudo apt-get install python-qgis

Isto deve concluir a instalacao do QGIS em Ubuntu.

Para utilizadores de Windows, parece-me que a solucao mais simples ‘e utilizar o standalone installer, já que inclui todas as dependencias necessárias.

http://hub.qgis.org/projects/quantum-gis/wiki/Download#11-Standalone-Installer-recommended-for-new-users

Image

Author: doublebyte

H8ckr, geocoder, traceuse, skateboarder, person...

3 thoughts on “Instalação do QGIS

  1. Posso confirmar que no Ubuntu 12.10 (Quantal Quetzal) as instruções funcionam na perfeição. Basta substituir “precise” por “quantal” quando se adicionam os repositórios.

  2. Obrigada pelo esclarecimento!🙂 Uma nota: o problema relacionado com multiplas versoes de Python, tambem existe em Linux!

  3. Bom, respondendo directamente ao repto…

    Duvido que exista muita gente que trabalhe com software sig (desde BDs até sig desktop) em ambiente mac que não conheça o site do Kyngchaos. É aqui que se encontram binários para instalação do QGIS e dependências. Por exemplo, nesta página estão as últimas versões de tudo o que é necessário. Atenção: os “frameworks” necessários devem ser instalado antes do QGIS!

    A experiência de alguns anos com QGIS no meu MAC leva-me a tecer 3 considerações que julgo importantes: (1) quase tudo funciona “out of the box”; (2) como o número de pessoas que desenvolve em MAC é bastante mais reduzido, o apoio é também bastante masi pequeno; (3) existem problemas recorrentes relacionados por exemplo com todas as livrarias que dependem do Python. Isto deve-se ao facto da versão usada para compilar uam determinada livraria ser diferente da que vem no sistema.

    Resumindo: a esperiência QGIS+MacOS é bastante satisfatária. Duas coisas que são importantes para mim funcionam muito bem: ligação ao GRASS e ao PostGIS.

Deixe uma resposta

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s